O profissional do futuro exigirá um novo paradigma na comunicação interna da sua empresa.

A transformação digital trouxe profundas alterações na forma como trabalhamos, vivemos e nos relacionamos. Uma realidade que impactou ainda com maior relevância as empresas, sua cultura e o relacionamento diário entre stake holders e sociedade.

Estas mudanças proporcionaram um aumento da autonomia dos profissionais, o que obrigou as empresas a criarem os seus “workplaces” digitais. Eficientes, ancorados em plataformas digitais e com agilidade de adaptação à transformação do dia a dia.

De acordo com especialistas, existem vantagens na adoção de uma metodologia organizacional mais flexível. Um maior índice de motivação profissional, por exemplo. Conforme indicam estudos da Harvard Business Review e a Gallup, empregados mais motivados são mais felizes. Em outras palavras, faltam, em média, 15 dias a menos do que os seus colegas em corporações de cultura mais rígida. E é importante lembrar que empresas “mais felizes” geram entre 30% a 40% mais lucro. Contas feitas, ganham os funcionários e também as companhias.

A questão da felicidade profissional como um conceito estratégico na sua gestão interna e dos próprios recursos humanos é a força motriz que está conduzindo a revolução digital corporativa pelo mundo afora.

Uma das tendências atuais neste novo cenário é a Intranet 2.0. Em vez de páginas estáticas com informação e sem qualquer tipo de interação, surgem blogs interativos, ferramentas de envio de mensagens instantâneas e espaços de comentários com respostas dinâmicas. O velho “Portal da Empresa” dá lugar ao “Portal do Colaborador”.

Três características da nova intranet:
1. Acessibilidade;
2. relevância;
3. interatividade.

Os melhores portais são aqueles que necessitam de menos gestão e oferecem mais interação. Devem ser espaços de troca, abertos tanto para falar quanto para ouvir o que os colaboradores têm a dizer. O “feedback” da empresa, por sua vez, deve ser transparente, efetivo, ágil e direto. Naturalmente, o saldo final do portal depende de um conjunto de variáveis sempre associadas à realidade da empresa, mas, na larga maioria dos casos, os benefícios superam largamente o custo do investimento realizado.

Via: Jornal de Negócios

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s